Bistecão Ilustrado de Djaneiro 2007

Acordei no dia do Bistecão Ilustrado de Djaneiro meio tarde, meio assim, meio passado. Havia tido uma semana deveras puxada e também trabalhado a noite inteira para ter este dia livre pra preparar o encontro. Logo cedo abri o email quando mi querida Renata Simões me manda um “Que Chique…” . Não estava preparado para um “que chique” antes do café. Foi a primeira grande surpresa do dia. A Rê havia me dito que o Bistecão tinha uma nota na coluna da Chris Mello, e eu “putz… como assim?”. Com certeza isso deveria ter sido obra de Erico Marmiroli, nosso assessor de imprensa abistecado mais obstinado que barata em disparada em meio à guerra nuclear. Foi assim também com as outras notas que recebemos desde dezembro, na Sampaist e na Made in Japan, surpresinhas pela manhã que recebia sobre nosso encontro. Tomei o café e corri… mentira… andei, pois tava cansado ainda… pra banca. Pimba, tava lá. Bistecão Ilustrado no jornal outra vez…

“É. O negócio tá crescendo. É melhor eu fazer a barba”, constatei. Eu voltei para casa a fim de dormir mais um pouco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: