E caminhando pelo ambiente notei que os convivas conversavam muito entre si. Num lado da mesa Rogério Soud e Marco Carillo papeavam sobre o vôo rasante das famintas gaivotas de papo dourado no atlântico norte durante o outono…

… enquanto Rogério Vilela e Ricarto Antunes tramavam uma vendetta arriscada contra o vendedor de churros malcriado de Sapopemba…

“Maldito… hei de envolvê-lo em uma camada extra de doce de leite, esperar esta endurecer e jogarei o safado no mar…”, disse Ricardo. “Mas que mar?”, foi apenas o que pude ouvir de Vilela… e segui em frente em direção à cozinha…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: